Sem lactose para os pequenos

Meu filho tem diarreia, vômitos, está com a barriguinha estufada e não ganha peso!  
Mães atentas ficam aflitas para entender que está acontecendo e são essenciais para o diagnóstico de intolerância alimentar em bebês e crianças que pequenas não sabem explicar seus incômodos. 
São suas queixas, levadas aos consultórios periartríticos, contribuem para o fim  dos problemas.
Pelo menos em parte!
Descobrir que seu pequeno possui intolerância à lactose, por exemplo,  não é sinal de que tudo irá acabar bem! 

Dizer não aos prazeres do seu pequeno não é nada fácil, por isso é muito importante conhecer os riscos de se consumir esse  açúcar do leite presente em grande parte dos produtos industrializados.
Essa patologia acontece quando o organismo promove baixa produção de lactase - uma enzima localizada no interior do intestino delgado com a função de decompor a lactose (açúcar do leite) em carboidratos no processo de digestão.
Assim, a lactose é fermentada por bactérias gerando ácido láctico e gases carbônico e hidrogêneo, promovendo uma sensação de mal estar, aumentando a retenção de líquidos e causando nauseas, colicas e diarreias. A quantidade ingerida determina o grau da reação.

Essa intolerância pode aparecer ainda na fase da amamentação ou logo depois, quando o leite infantil é incorporado a dieta e representava, até pouco tempo, uma infância sem sorvetes, bolos e brigadeiros. 
E apesar de não por em risco a vida, ao consumir o leite e seus derivados, a dor abdominal causada por gases e naúseas dura mais que duas horas (o mal estar típico do estomago sensível dura até meia hora a 2 no máximo) e pode aumentar a retenção da água causando diarreia e colicas. Tudo isso pode evoluir para um a doença digestiva, como diarreia infecciosa.

Alguns médicos aconselham a introdução de suplementos de cálcio quando o leite deixa completamente a dieta. Nesse processo, consumir vegetais de cor verde escura como brócolis, couve, agrião e mostarda podem ajudar. Além disso, o consumo de nabo e peixes de ossos  moles como o salão e sardinha são outras recomendações opções.

Hoje encontramos muitos produtos fabricados com leite de soja, de aleaginosas e até mesmo de ovelha, com a indicação de consumi para quem deseja manter o gluten fora da dieta. Há também a opção de produtos acrescidos de lactase, que é possível encontrar nas farmácias. 
Mas lembre-se que o acompanhamento de um  nutricionista é essencial.

E como a assunto começou com as crianças, encontrei no site SemLactose uma receita simples e com o delicioso chocolate que os pequenos adoram!

Salame de Chocolate (sem lactose e sem ovos)
INGREDIENTES

    50g de açúcar
    100g de creme vegetal*
    100 g de biscoito de maizena picados
    50 g de chocolate em pó
    10 castanhas do pará ligeiramente picadas
    1 colher de chá de essência de baunilha
    6 colheres de sopa de creme de soja

PREPARO
Em uma vasilha misture o açúcar, o creme vegetal, o chocolate em pó, a essência de baunilha e o creme de soja. A mistura deve ficar homogênea e de consistência cremosa. Adicione as bolachas e as castanhas picadas. Corte um pedaço de uns 30 cm de papel manteiga e espalhe uma fina camada de óleo vegetal por cima do papel para ajudar na hora de retirar o papel manteiga. Coloque a mistura ao longo da largura do papel e enrole-o de forma a fazer um rolo, deixando um pequeno espaço nas laterais para fechar o papel. Leve ao freezer por 2 horas. Para servir, corte em fatias finas e sirva acompanhado de uma calda de frutas vermelhas, ou calda de maracujá.

Rendimento: 15 fatias

*Creme vegetal é o nome dado a margarinas que não contêm leite em sua composição.

Leia mais
  
   

Relaxar é preciso!

Relaxar na correria do dia a dia parece tarefa impossível. Por isso, nada melhor do que colocar na agenda um horário para você se desligar do mundo como qualquer outra obrigação. Uma sessão de Zen Shiatsu que dura em média de 50 minutos a 1 hora é um procedimento restaurador para o corpo e mente.Acho que não é muito para investir em você, não é mesmo?!

O método, completamente indolor, trabalha os meridianos do corpo (dos pés a cabeça ao todo são 12) e ao mesmo tempo faz o alongamento da musculatura, resultando no alívio da dor e auxiliando em processos de cura de cefaleia, disfunções digestivas, palpitações e incômodos musculares, além de estimular a concentração, tolerância e paz interior. 

Idealizado pelo japonês Shizuto Masunaga com base no shiatsu clássico, tem fundamento na crença que podemos exercer influência sobre o fluxo de energia - ou Ki - que flui pelo nosso corpo nos meridianos, induzindo uma resposta de regeneração e cura.
Por isso, atua no sistema energético do corpo, unindo o conhecimento da Tradicional Medicina Chinesa aos preceitos da filosofia zen, levando o paciente a entrar em contato consigo mesmo. 

Ao modelo do Shiatsu clássico - tratamento semelhante à acupuntura - onde pontos são estimulados através da pressão dos dedos, o Zen Shiatsu alia as palmas das mãos, cotovelos, braços, joelhos e pés como ferramenta para o terapeuta encontrar o ponto exato no corpo onde a energia está “estacionada”, abrindo novos caminhos por onde o sangue pode circular melhor, acalmando o sistema nervoso e estimulando o sistema imunológico. 

A sessão se inicia com o inspirar profundo do ar, em um exercício de respiração relaxante. Utilizando-se de óleos ou não, o terapeuta usa uma das mãos como apoio, chamada de mão mãe, garantindo a sensação de segurança. Enquanto isso, a outra passeia pelos meridianos procurando pontos de energia estagnada, com manobras de pressão, deslizamento, fricção e alongamentos, dissolvendo os bloqueios e ativando a consciência corporal sobre o emocional, mental e intuitivo. Entre as queixas mais comuns que levam as pessoas a procurarem essa prática estão a tensão, depressão, ansiedade, carência, insônia, cansaço ou fadiga constante, tristeza, hiperatividade infantil e até o medo. 

O bom mesmo é que, após uma única sessão, já é possível sentir o poder que essa técnica propicia, estabilizando o fluxo energético do corpo, colocando o organismo em sintonia com seu campo de energia. 

Aplicada por excelência como técnica preventiva, não deve substituir o tratamento convencional, apresentando-se como auxiliar em muitos casos na diminuição de dores. Mulheres grávidas, crianças e idosos devem ter um acompanhamento médico e receber um tratamento mais delicado. E por fim, apresenta contra indicação a pessoas com varizes, escoriações sobre a pele, manchas roxas provocadas por pancadas, artrite, artrose ou osteoporose. 

 E você sabe, a medicina oriental só acredita em saúde física se houver perfeito equilíbrio energético no corpo! Seria errado então afirmar que é uma forma de meditação já que durante os minutos da massagem entramos em contato com nós mesmos? 

O resultado é fantástico!

Agende-se


No próximo fim de semana a Glúten Free chega ao quinto ano de existência trazendo duas programações de palestras: Glúten Free/Zero Lactose e Alimentos Funcionais.
Direcionada ao público com sensibilidade, contribui para ampliar a discussão a respeito das patologias relacionadas... leia mais


Alie-se ao Aipo!

Hoje é dia de receita no Sintonia e a estrela é o AIPO!

Excelente para incluir na dieta é rico em potássio, sódio, fósforo, cálcio e as suas folhas ricas em Vitaminas A, B e C. Totalmente comestível, desde as folhas aos talos, pertencente à família da cenoura, da salsa e dos coentros. 
Utilizado há séculos para os mais variados fins como: medicamento, ornamento das coroas de vencedores de provas de competição atlética na Grécia Antiga, como condimento os romanos afirmam ter propriedades afrodisíacas. 

Super versátil, não e mesmo!? 

Para a temporada do frio, que tal apostar em mini muffins para surpreender as amigas em um delicioso chá da tarde?
Confira a receita que encontrei no Petitchef e adorei, misturando ao aipo cenoura e caril.  


Ingredientes
260 g de cenoura
1 talo de aipo sem folhas (65 g)
2 colheres de sopa de linhaça
150 g de farinha de trigo integral
100 ml de óleo de girassol
125 ml de cerveja preta
1 colher de chá de pó de caril
1 colher de chá de fermento
Sal e pimenta

Cozinhar a cenoura em água com sal e amassar como purê. 
Moa a linhaça até ficar em pó, depois juntar três colheres de água e misturar bem. Juntar o óleo e a cerveja.

Acrescentar o aipo em cubinhos pequenos e, incorporar ao purê de cenoura. Finalmente, colocar a farinha e o fermento misturando bem com uma colher de pau. Temperar com o caril, sal e pimenta.

Despejar a mistura em formas de mini-muffin e levar ao forno 180º durante 18 minutos.

Rendimento : 8 porções
Tempo de Preparo: 40 Minutos


Leia mais:

   

O desnatado virou atleta

Pare de torcer o nariz para o leite se você quer melhorar sua performace esportiva. Sua  versão desnatada ganhou um incentivo extra nas últimas descobertas.

Como passa pelo “desnate”  – a grosso modo, o leite é centrifugado em uma máquina que separa a gordura do líquido –  sua porção de gordura é menor, tem menos calorias, e por ser mais leve, surge como excelente opção para reidratar o corpo após a prática de atividades fisicas. 

É exatamente isso que demonstram os pesquisadores da Escola de Esportes e Ciência do Exercício da Universidade Loughborough, no Reino Unido.
Isso sem falar que desnatado melhora o desempenho muscular, por elevarem as concentrações de glutationa (reduzindo a ação dos agentes oxidantes nos músculos esqueléticos).

Na Universidade da Pensilvânia (EUA) verificou-se que a opção pela versão menos gordurosa do leite reduz em 50% o risco de hipertensão. A vantagem foi atribuída ao cálcio, que contribui para a dilatação dos vasos sanguíneos. E as proteínas do soro que auxiliam no controle da pressão sanguínea e redução do risco cardíaco.
Não é a toa que laticínios magros tornaram-se presença garantida na dieta de quem precisa abaixar a pressão.

No Brasil, da Universidade de São Paulo (USP), através da equipe da nutricionista Maria DelBosco, alega que a versão desnatada ajuda a perder peso, sobretudo a gordura que se deposita na barriga. A afirmação pode ser completada com outra pesquisa do meio científico que associa o alto teor de cálcio do leite a redução da gordura corporal, por mecanismo associado ao hormônio 1,25 (OH)2D.

Mas voltando ao nosso tema, o leite desnatado apresenta teor de proteína bastante elevado. E porque isso é importante?
Bem, é ela o nutriente essencial para construção de massa muscular. Ingerindo proteínas após exercícios físicos, você favorece a recuperação e a Síntese Protéica muscular. E quanto menor o intervalo entre o término do exercício e a ingestão proteica, melhor será a resposta anabólica ao exercício.
Ah, por falar nisso, o anabolismo muscular (o ganho de massa muscular no menor tempo possível) pode ser estimulado pelas proteínas do soro do leite, principalmente ricas em leucina.

Mas atenção!!!
Embora os laticínios magros não deixem nada a desejar em relação aos integrais e possuam quantidades similares de proteínas, potássio, fósforo e outros nutrientes, apresenta menos cálcio, o que pode ser prejudicial em algumas dietas nutricionais, principalmente entre os atletas.
Além disso, durante o processo de desnate, o leite perde parte de suas vitaminas A e D, classificadas como lipossoluveis.  Mas já existem as versões fortificadas!



Passeando entre os orgânicos

Essa semana aconteceu a Bio Brazil Fair reunindo grandes marcas e fornecedores de produtos orgânicos. 
Os corredores organizados no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera reuniu cerca de 120 expositores que apresentam os deliciosos produtos da área de alimentação, além de cosméticos, produtos de limpeza e vestuário.
Leia mais sobre o que aconteceu por lá!

Pele escamando

Pele no sol pode ser um problema de saude!
E se voce e daquelas pesoas que passam o ano todo longe da praia e tenta tirar o atraso em um dia só preste muita atenção nessa conversa.

Sabe aquela sensação de leve ardência na pele ou uma coceirinha que começa devagar? Sinto informar mas quase sempre, esses são os primeiros sinais de que sua pele está prestes a escamar. Mesmo que não esteja toda vermelha. Da próxima vez, não esqueça o filtro solar em casa... ele não impede que a pele fique morena, só retarda a vermelhidão e protege contra a ação nociva dos raios ultravioleta.
Mas, como o estrago já está feito, é bom prestar atenção quando for sair de casa novamente.

Proteger rosto e corpo é tarefa mais do que obrigatória. Com a pele escamando todo cuidado é pouco. A pele nova é mais sensível do que a anterior. É preciso usar filtro solar para não correr risco de formar bolhas, queimaduras ou manchas, além de passar um bom hidratante.
Mais uma vez a hidratação é fundamental pois ajuda a combater o ressecamento cutâneo provocado pelo sol. Para isso, beber grandes quantidades de líquido é fundamental. Vale investir em água, sucos naturais e água de coco.
Você pode optar por uma leve esfoliação quando a pele começar a descascar, a fim de retirar as camadas mortas. De forma correta  e executada por profissionais experientes, ela contribui para evitar a formação de manchas na pele.
Mas, como já diria a sabedoria popular, a prevenção é o melhor remédio.

Apostar em um bronzeamento gradual é a melhor maneira de preservar a saúde da pele, evitando problemas como envelhecimento precoce e doenças como câncer. 

Você pode se interessar também:


   

Pausa para um lanchinho

No verão, ou em qualquer outra época do ano é fundamental evitar longos intervalos entre as refeições. Comer a cada três ou quatro horas mantém o metabolismo ativo e ajuda a não exagerar nas principais refeições.


E apostar em alimentos ricos em fibras é o ideal para essas horas.
Elas formam uma espécie de gel no estômago, e assim, tem o poder de prolongar o tempo de saciedade, deixam a digestão mais lenta e com isso, os nutrientes são lançados na corrente sanguínea lentamente.
Enquanto o corpo está trabalhando nesse processo, ele não vai sentir fome novamente e por isso o consumo diminuir e o gasto de calorias aumenta o que, consequentemente, ajuda a manter o peso.

Para esses lanchinhos, minha preferência é o iogurte natural, sem açúcar. Ricos em proteínas que auxiliam os músculos são pobres em carboidratos e possuem nutrientes excelentes para quem deseja perder peso.
Oferecem boa quantidade de cálcio, fundamental para os ossos e lactobacilos que fortalecem o sistema imunológico além auxiliar no bom funcionamento do intestino.
Mas como não dá pra carregar um potinho de iogurte na bolsa, outras opções são bem vindas como as barrinhas de cereais, diet´s e com frutas secas, que contém alto teor de fibras.

 Outra opção bem interessante é o consumo de castanhas e sementes, que além de crocantes e saborosas, acabam com aquela vontade de mastigar algo. Mas lembre-se que elas possuem gordura, que apesar de auxiliar o funcionamento do corpo, mas não deve ultrapassar o consumo de 30g por dia.
Para quem prefere sabores adocicados, aposte nas frutas secas ou desidratadas e vendidas em pacotinhos.
As frutas são práticas, até mesmo pra quem trabalha.Ingeridas com casca e quando possível com bagaço, como a laranja, fornecem fibras e não tem grande quantidade de calorias. 

Você pode se interessar também por:


   

Que tal queimar as calorias na água?!!

Com esse calor, por que não aproveitar as aulas aquáticas para dar um up no seu treino e, de quebra, afinar as medidas?
Eu tenho certeza que depois da nossa conversa você não vai resistir a um mergulho!

A velha e boa natação é uma atividade que não causa impacto, portanto, traz baixo risco de lesões. Ainda trabalha o sistema cardíaco e respiratório e ajuda na queima de calorias. Uma aula de natação queima, em média, 600 Kcal por hora, valor que pode variar dependendo da intensidade do exercício e do metabolismo do praticante. O nado borboleta, por exemplo, é o mais difícil, mas também o que mais emagrece (770 Kcal/hora). Atrás dele estão crawl, costas e peito, empatados (560 e 630 Kcal/hora).




A hidroginástica, praticada na parte rasa da piscina, é composta de movimentos rítmicos. A resistência da água e os acessórios funcionam como sobrecarga de trabalho auxiliando no fortalecimento muscular. Nessa atividade, você pode gastar, em média, 500 calorias em uma hora.

Mas se você prefere a prática em mar aberto, que tal arriscar no Stand Up Padle. Essa modalidade trabalha todo o sistema cardiovascular, tonifica as musculaturas dos membros inferiores e superiores e queima em torno de 350 calorias por hora de prática.Para se manter em equilíbrio, o praticante precisa manter as coxas e o abdome contraídos, o que é um ótimo exercício para tonificar esses músculosE dos glúteos também.


O surf também é uma boa opção, que se destaca na lista de modalidades aquáticas que mais ajudam a tornear pernas, braços e abdômen, já que em uma hora de exercício é possível mandar embora cerca de 600 calorias. Mesmo com a variação de ritmo do esporte, de acordo com as condições mar e do nível de conhecimento da prática, o surfe exige muita resistência dos membros superiores e inferiores.
Viu só! Tem um monte de coisa agradavelmente fresca para se fazer nesse verão... basta identificar qual o seu perfil e mergulhar nessa ideia.

Você pode se interessar também por:

http://www.programasintonia.com/2010/09/oito-passos-para-voce-saber-se-esta_27.html        http://www.programasintonia.com/2011/09/nada-de-alcool-para-quem-vai-malhar.html